Blog do Eduardo

Tecnologia, Inovação, Negócios e muito mais...

Growth Hacking: Como aplicar no seu negócio?

Uma Estratégia Inovadora que Combina Marketing e Desenvolvimento de Produtos

  • 21 de Maio de 2018 às 23:59
Capa Post
Growth Hacking: Uma Estratégia de Marketing Inovador

Introdução

Atualmente o ritmo insano em que novas tecnologias surgem, requer as empresas tomem decisões precisas sobre para continuarem vivas no mercado. Por esse motivo as jovem e inovadoras empresas do Vale do Silício, desenvolveram a estratégia de crescimento rápido chamada Growth Hacking. Essa técnica consiste basicamente em basear as tomadas de decisão do negócio em hipóteses e por meio métodos estáticos e para validá-las diretamente com os seus clientes.   

Crescimento Continuo e Ágil

Não existe empresa ou modelo de qualquer segmento que não tenha passado por momentos de estagnação. Tanto gigantes do setor quanto pequenas podem sofrer desse mal, pois a realidade é que esse é o ciclo natural do capitalismo. Por anos a cultura da performance era a resposta “pronta” para enfrentar esse tipo de problema, porém as coisas mudaram e simplesmente maximizar a produtividade dos colaboradores definindo metas as cegas, pode demorar muito para acompanhar a resposta do mercado ou pior ainda afundar de vez a companhia.  Entretanto em um artigo da Revista Harvard Business Review, Tony Schwartz, escritor do Livro “The Way We're Working Isn't Working” (tradução livre seria ‘O Modo Como Trabalhamos não está Funcionando’ em inglês tem um trocadilho por isso achei mais legal deixa-lo assim),  elucida bem no trecho abaixo a importância de adotar uma cultura de crescimento:

Uma cultura de performance indaga:" Quanta energia podemos mobilizar? "E a resposta é apenas uma quantidade finita. Uma cultura de crescimento pergunta: "Quanta energia podemos liberar?" E a resposta é infinita

A verdade é que o ambiente está cada vez mais hostil e rápido, está cada vez mais comum ver startups virais que conseguem atrair milhões de clientes em uma velocidade incrível, mas somem do mapa com a mesma velocidade que entram. Exemplos dessas empresas são a Nokia e BalckBerry que já foram as maiores referencias de inovação, mas que agora ficaram para trás.

Isso fica bem claro quando olharmos para como a capacidade de inovar leva um grande valor para o marcado, como no exemplo do infográfico a seguir mostra as empresas com maior de mercado em 2006 e as empresas com mercado em 2016:

Fonte: https://www.statista.com/chart/5403/most-valuable-companies-2006-vs-2016/

Note que as apenas a Microsoft continua nesse gráfico desde desse tempo. Notou uma pequena coincidência entre essas empresas? Somente a ExxonMobil não é da área de tecnologia.  

Dados são uma Mina de Ouro

A grande vantagem deste método está em tomar decisões baseadas nos dados coletados e cada vez mais, esse caminho é o mais natural tomando o tsunami dados que é possível extrair dos clientes. Porém os métodos empregados para encontrar ouro nessa montanha de dados ainda não são algo tão simples assim de realizar. Aqui vemos importância de criar um bom time de crescimento para alcançar os seus objetivos de negócio. Segundo o autor do livro Growth Hacking, define os seguintes perfis para um time de crescimento:

Líder de crescimento: tem a função de definir o rumo do projeto, tanto para o ritmo dos testes realizados e gerenciar a equipe para ter certeza de que elas estão atingindo as metas. De ter habilidades de gestão, desenvolvimento de produtos e ciência de dados.

Gerente de Produtos: é o principal interessado que o produto deslanche, flutua entre as áreas de engenharia e marketing para alcançar a melhor versão do produto. É fundamental alavancar o processo de criação.

Engenheiros de Software: são os responsáveis por coordenar todo o processo de desenvolvimento do produto. São peças fundamentais dentro do time. Porém é comum ficarem de fora do processo de criação.

Especialista em Marketing: e tipo de habilidades que esse profissional varia bastante com o segmento e tipo de produto, mas basicamente esse profissional deve conseguir comunicar e extrair as informações corretas sobre o produto.

Designer de Produtos: deve ter um especialista em user expirence, é responsável por toda iteração entre o produto e o usuário. Esse profissional tem um papel chave, pois se o usuário tiver uma boa experiência de uso pode alavancar ou afundar de vez um produto.

Analista de dados: saber reunir e organizar e realizar análises sofisticadas dos dados sobre clientes para obter insights que levem a ideias para novos testes é outro requisito fundamental para um time de crescimento. Esse tipo de profissional deve saber como realizar teste rigorosos e que tenham validades estatísticas, como extrair várias fontes de dados sobre os clientes e negócios, relacionando-as para obter insights a respeito do comportamento dos usuários e como processar rapidamente os resultados dos experimentos para extrair insights

Processo de Growth Hacking

O processo de Growth Hacking prevê uma série específica de atividades para encontrar novas oportunidades de crescimento ou ampliar as que já existem. Todo o processo é um ciclo continuo de quatro grandes etapas:

  1. Analise de Dados e Busca de Insights
  2. Geração de Ideias
  3. Priorização de Experimentos
  4. Execução de Testes

 

Referências:

Artigo: Create a Growth Culture, Not a Performance-Obsessed One

https://hbr.org/2018/03/create-a-growth-culture-not-a-performance-obsessed-one

Livro: Hacking Growth. A Estratégia de Marketing Inovadora das Empresas de Crescimento Mais Rápido

Por Ellis Sean (Autor),‎ Brown Morgan (Autor),‎ Felix Ada (Tradutor)

ISBN-10: 8595980047

ISBN-13: 978-8595980044

 

Inovação Negócios Startup
  • COMENTÁRIOS: 0 Seja o primeiro a comentar!

Você tem o permissão de:

Compartilhar: copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato.

Adaptar: remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial.

Esta licença é aceitável para Trabalhos Culturais Livres. O licenciante não pode revogar estes direitos desde que você respeite os termos da licença.


Blog do Eduardo - Todos os direitos reservados © 2020 Licença Creative Commons